+ Responder ao Tópico
Resultados 1 a 4 de 4
  1. #1
    Data de Ingresso
    Nov 2007
    Localização
    G6
    Posts
    3.007
    Agradecimentos
    359
    Agradecido 279 vez(es) em 252 tópico(s)
    Reputação
    455

    História e alguns tipos de jardim

    História dos Jardins

    É fundamental estudar a história dos jardins, porque ele é o reflexo do relacionamento humano com a natureza. A própria palavra jardim vem da junção do hebreu "gan" (proteger, defender) e "éden" (prazer, delícia) e expressa de certa forma a imagem de um pequeno mundo ideal, perfeito e privativo. Portanto, os grandes jardins da história são como um vocabulário do desenho idealizado da paisagem, como cada civilização desejava que ela fosse. É sobre essa tradição que se assentam nossas práticas e posturas em relação à paisagem.

    O que é um Jardim ?

    Jardim é um terreno onde se cultivam plantas ornamentais, úteis ou para o estudo, é também uma obra de arte, com elementos vivos e inertes, no qual o homem procura, nos momentos de lazer, um contato com a natureza. Estão presentes em todo percurso da história da humanidade e, certamente, em suas origens se vinculam à da própria agricultura, com a domesticação das primeiras plantas úteis, ainda na pré-história. Ao longo de toda história ocorre transformações que podem ser caracterizadas pelos estilos próprios de cada época e cultura.

    Pérsia, China e Egito foram os locais das mais antigas civilizações conhecidas, e são no geral regiões áridas. Água sempre foi um recurso fundamental, e irrigação uma palavra mágica. Num clima quente e seco, sombra e água fresca são tudo o que se quer, e assim os primeiros jardins incluiam tanques, canais de irrigação e árvores para sombra. O desenho e as plantas utilizadas tinham a agricultura como referência: árvores frutíferas, condimentos, plantas de uso ritual e muita linha reta. No Egipto, o religioso era um traço marcante nos jardins dos faraós, com plantas sagradas como o lótus, o papiro e a tamareira.

    Dentro da actual classificação de estilos podemos citar as seguintes:

    Rural Contemporâneo Formal Colonial Mediterrâneo Oriental Tropical


    Jardins europeus

    A partir do renascimento, durante o século XVI, surgiram três estilos de jardins europeus que influenciaram toda a jardinagem, o italiano, inglês e francês. Contudo pode-se considerar que existem pelo menos 5 estilos básicos de jardins, todos eles influenciados pelos antigos estilos e que sofreram evolução.

    Jardim Clássico ou formal

    O jardim no estilo Clássico ou formal é facilmente reconhecível, pois tem um equilíbrio rígido e formal, um desenho geométrico, e usa bastante a topiaria como elemento decorativo de suas sebes e cercas vivas, se caracteriza por apresentar:

    - linhas geométricas e simetria do traçado, círculos, rectângulos, triângulos e semi-circulos, combinam-se para compor uma paisagem desenhada com régua e compasso;

    Jardim Rural

    Geralmente, adaptado ao ambiente rural ou de fazendas ou sítios. A pavimentação é bem natural, com seixos, cascalhos ou brita. Os vasos muitas vezes são adaptados de antigas peças utilitárias, tais como cestas, carrinhos de mão laqueados em branco, etc. Charretes, rodas de carroças antigas são utilizadas, como peças de adorno.

    As cercas são de madeira. Muitas vezes estas peças rústicas são combinadas com plantas de delicada textura e cor, a fim de se somarem num efeito de um romantismo despojado.

    Jardim Colonial

    O estilo colonial pode se confundir com o rural, de vez que muitos de seus elementos decorativos provêm de antigas fazendas, do tempo colonial. Mas caracteriza-se principalmente, por incorporar materiais coloniais, assim como fontes e lagos.

    Jardim Mediterrâneo

    Este é um jardim praieiro. As plantas utilizadas gostam de pouca rega, solo pobre e muita luz. Plantas tais como alecrim, o limoeiro, a videira e a nêspera, fazem parte desta ambientação. Elementos marinhos como conchas moídas para o pisoteio, ou acabamento de canteiros, também, compõem este estilo. Cerâmicas vitrificadas ou não, fazem a pavimentação. Pequenas fontes e pequenos pátios, também.

    Jardim Desértico ou Rochosos

    O jardim no estilo Desértico ou Rochoso, se caracteriza por apresentar:
    - uma paisagem árida, caracterizando um pequeno oásis ou um pé de serra na região de cerrado;
    Jardim Oriental Japonês
    Este jardim muitas vezes é um jardim em miniatura, composto por um desenho rígido e simples, arquitectado com bonsai. O jardim oriental utiliza magnólias, azaléias, coníferas, bambus, pedras em número impar e sempre possuem um recanto aquático. Este jardim tem como objectivo pacificar o espírito, equilibrá-lo em contacto com a natureza e abrí-lo a meditação.

    - o estilo Oriental ou Japonês, é cheio de simbolismo, tem como um de seus principais fundamentos o culto à Natureza.

    - a presença de pedras, e água formando pequenos lagos, riachos ou cascatas assim como uma lamparina de pedra são características presentes neste estilo;

    Jardim Tropical

    O expoente máximo dentro do jardim tropical foi a criação de Burle Marx.
    Seus jardins passaram a valorizar nossas plantas e folhagens, e num movimento de antítese aos jardins europeus, o mestre direccionou-se para suas nuances e texturas, relegando a segundo plano o uso de flores delicadas e românticas.
    Seu uso de plantas estruturais e gigantes, e seu estilo natural, revalorizaram as nossas matas, como fontes de inspiração para os jardins. Muitas vezes também utilizou-se de diversas gramíneas, tentando revalorizá-las aos olhos preconceituosos do público brasileiro, que as encara na maioria das vezes como matos, praga ou capins.

    - o jardim Tropical tenta criar um ambiente paradisíaco de uma ilha tropical, com a presença de muito verde e muitas flores.
    Neste estilo é fundamental um gramado, uma área sombreada e talvez uma cascata ou uma lâmina d'agua;
    Jardim Contemporâneo
    O estilo Contemporâneo é o mais aplicado actualmente.
    É um estilo livre e se aproxima mais do estilo inglês. Busca-se no mesmo, alcançar uma integração entre o jardim e a arquitectura local, não havendo rigidez quanto a sua composição. Geralmente as pavimentações são lisas, bem confeccionadas, de materiais caros e nobres, e a mobília adaptada ao modernismos de vida requerido dela. Os vasos podem ser quase esculturas ou jardineiras construídas para este fim.


    Jardim tropical

    Jardim desertico ou rochoso

    Jardim mediterranico

    Jardim colonial

    Jardim Rural

    Jardim clássico

    Jardim europeu
    Última edição por panther; 27-06-2008 às 08:30.


  2. # ADS
    Google Adsense Circuit advertisement
    Data de Ingresso
    Always
    Localização
    Advertising world
    Posts
    Many



     
  3. #2
    Data de Ingresso
    Jun 2006
    Posts
    237
    Conquistas:
    7 dias de registo31 dias de registo3 meses de registo1 ano de registoTagger de segunda classeTagger de primeira classe200 Pontos de Experiência
    Agradecimentos
    3
    Agradecido 13 vez(es) em 7 tópico(s)
    Reputação
    121

    Re: História e alguns tipos de jardim

    As imagens não são visiveis
    Xena

  4. #3
    Data de Ingresso
    Nov 2007
    Localização
    G6
    Posts
    3.007
    Agradecimentos
    359
    Agradecido 279 vez(es) em 252 tópico(s)
    Reputação
    455

    Re: História e alguns tipos de jardim

    Já cá estão as imagens amiga, desculpa o incómodo.

    Bjs



  5. #4
    Data de Ingresso
    Jun 2006
    Posts
    237
    Conquistas:
    7 dias de registo31 dias de registo3 meses de registo1 ano de registoTagger de segunda classeTagger de primeira classe200 Pontos de Experiência
    Agradecimentos
    3
    Agradecido 13 vez(es) em 7 tópico(s)
    Reputação
    121

    Re: História e alguns tipos de jardim

    Agora sim dá para apreciar esta beleza e verdade verdadinha
    são um encanto

    Obrigada
    Xena

Tags para este Tópico

Marcadores

Permissões de Postagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens